Cambará On-Line  

QUEM

Daiana Silva, gaúcha, jornalista e apaixonada pelos Aparados da Serra.

ONDE

Vive em Porto Alegre, mas com a cabeça e o coração em Cambará do Sul.

CONTATOS

/jornalistadaianasilva

@daianasilva

Cambará do Sul Cambará On-line Notícias da Região Tempo, Clima, Frio Arte, Cultura e História Cavalgadas Dicas de Gastronomia Dicas de Hospedagem Dicas de Passeios Dicas para o Feriado Dicas para o Final de Semana Na mídia Notícias locais Reclamações da Dai
Julho / 2014 (1) Março / 2014 (2) Dezembro / 2013 (6) Outubro / 2013 (1) Agosto / 2013 (2) Julho / 2013 (3) Junho / 2013 (1) Maio / 2013 (1) Abril / 2013 (3) Janeiro / 2013 (1) Dezembro / 2012 (5) Novembro / 2012 (11) Outubro / 2012 (4) Setembro / 2012 (3) Agosto / 2012 (5) Julho / 2012 (4) Junho / 2012 (4) Maio / 2012 (4) Abril / 2012 (12) Março / 2012 (6) Fevereiro / 2012 (4) Janeiro / 2012 (5) Dezembro / 2011 (2) Novembro / 2011 (6) Outubro / 2011 (3) Setembro / 2011 (9) Agosto / 2011 (5) Julho / 2011 (10) Junho / 2011 (8) Maio / 2011 (2) Abril / 2011 (4) Março / 2011 (3) Fevereiro / 2011 (9) Janeiro / 2011 (2) Dezembro / 2010 (7) Novembro / 2010 (6) Outubro / 2010 (6) Setembro / 2010 (6) Agosto / 2010 (6) Julho / 2010 (13) Junho / 2010 (8) Maio / 2010 (4) Abril / 2010 (3) Março / 2010 (10) Fevereiro / 2010 (6) Janeiro / 2010 (3) Dezembro / 2009 (2) Novembro / 2009 (12) Outubro / 2009 (12) Setembro / 2009 (14) Agosto / 2009 (17) Julho / 2009 (25) Julho / 0000 (0)

Cazuza Ferreira - Um passeio nos arredores dos Aparados da Serra

Por Daiana Silva , 07/09/2011 - 01:29 em Blog > Notícias da Região

0


Fotos: Daiana Silva / Marcelo Theil


Uma cidade cenário. É assim que descrevo poeticamente Cazuza Ferreira. Para quem vive lá o lugar é um distrito esquecido de São Francisco de Paula (RS). As casas, na maioria de madeira, parecem fazer parte de uma produção cinematográfica.


Na arquitetura está a memória dos áureos tempos vividos quando a exploração de madeira fez com que Cazuza Ferreira tivesse cinema, vida social agitada e muito dinheiro. Nas décadas de 70 e 80 o cenário tinha mais vida. É o que contam alguns dos atuais moradores.

Hoje, há lembranças e também a vontade de mudar a realizada de distrito esquecido. No hotel, que no passado foi meio de hospedagem, centro cultural, cinema, bolicho e muito mais, a família de dona Neca tenta reerguer o passado através do turismo. Aos poucos, a família, que vivia em Ana Rech (RS), investe tempo, dinheiro e esperanças para tornar o antigo hotel dos antepassados um atrativo turístico, em Cazuza Ferreira.

No pequeno distrito ainda existem armazéns ou bolichos. Dois deles em funcionamento e vendendo de tudo. De liguiça a medicamentos. E outras muitíssimas coisitas. E foi os tais bolichos que me levaram até Cazuza Ferreira. Queria conhecê-los para inspirar o Bolicho do Cambará On-line que está em fase de preparação.

Chegar a Cazuza Ferreira não foi a coisa mais fácil do mundo porque a estrada é de terra, mas valeu muito a pena. Ainda voltarei lá para passar mais tempo e conhecer mais detalhes desse lugar que tocou tanto a minha alma. No hotel da dona Neca, que já é um passeio, é possível pernoitar e fazer refeições. O telefone para contato é (54) 3244.8018.

Para ir a Cazuza Ferreira a dica é ir pela Rota do Sol, via Lageado Grande. Por esse caminho a estrada é melhor. Indico o passeio! É uma experiência bem interessante.


Veja mais fotos de Cazuza Ferreira clicando aqui.

Comente este artigo:

Para comentar é preciso esta logado no sistema.
Cadastre-se Logar no sistema!

Comentários: